fbpx

Como já dissemos os cupins subterrâneos causam grandes prejuízos e já falamos sobre o controle e monitoramento através de iscas, utilizando o sistema Cupinout.

Vamos falar hoje do controle de cupins pelo método de Barreira Quimica.

Como os cupins subterrâneos utilizam paredes, vãos entre lajes, juntas de dilatação é necessário realizar a aplicação nestes locais. Então para isso é necessário fazer furos nas paredes ou piso do local a ser tratado.

O controle de cupins subterrâneos não funciona com uma simples pulverização ou tratamento no armário.

Esses furos são feitos de 20 em 20 cm, utilizando uma broca de 30 a 40 cm e entre 10 a 12 mm de espessura. Furos são feitos em direção ao solo em sentido transversal a parede, tomando o máximo cuidado para não atravessar a parede do outro lado.  Em cada furo é injetado de 1 a 2 litros de calda do produto, formando a barreira de proteção no local.

Como são realizados furos nas paredes e chão do local é necessário ter atenção para não perfurar nenhum cano ou danificar a rede elétrica. Então antes da realização do serviço é necessário mapear todos os pontos de passagem de canos para evitar qualquer dano.

Como os cupins utilizam também a rede elétrica (os dutos) para movimentação da colônia é realizado um polvilhamento na rede elétrica do local tratado, evitando assim essa movimentação.

A barreira química é um tratamento que pode ser realizado tanto em toda área do imóvel quanto de forma localizada, sendo feita somente no ponto de aparecimento dos cupins.

Como o próprio nome diz ele forma uma barreira de proteção.

Garantia de assistência técnica do serviço é de 1 ano.

Como age o produto: os cupins ao saírem para realizar o forrageamento – busca de alimento –  se contaminam e ao passar o alimento de cupim para cupim ou pelo contato, espalham o efeito letal para o restante da colônia.

Existem vários tipos de formulações e princípios ativos que podem ser utilizados para o controle de cupins subterrâneos como fipronil, presente no produto Termidor da Basf,  o imidacloprid, que está no produto premisse da Bayer e vários outros produtos que também são muitos utilizados.

A barreira química é a técnica mais utilizada em todo o mundo e a partir do momento que é feito a injeção no local o produto já está em ação e protegido.

Então esta é uma das formas do controle de cupins subterrâneos utilizada pela FOCO em nossos clientes.

Time Foco Dedetizadora

 

Sem comentários

Comentários desabilitados